Image module

PLANO DIRETOR DOS ESPAÇOS VERDES DE VITORIA-GASTEIZ
Vitoria-Gasteiz, 2003

A partir da análise da situação atual dos espaços livres com a finalidade de dar soluções aos conflitos latentes em seu desenho, se propõem diretrizes para orientar os projetos para os novos espaços urbanos nos setores de novo crescimento da cidade de Vitoria-Gasteiz. Os critérios foram elaborados em concordância com os objetivos contidos no memorial do Plano Geral. Para facilitar sua consulta, foi elaborado um documento a base de fichas e de fácil manejo que concretiza as diretrizes dos posteriores projetos de urbanização. Objetivos: contribuir com melhores técnicas aos conflitos detectados nos espaços das novas áreas criadas; dotar aos novos espaços criados o equilíbrio entre o investimento na execução da obra, sua manutenção e o benefício ambiental e social alcançado; garantir a continuidade entre os espaços naturais, as novas áreas criadas e os urbanos, para favorecer a diversidade biológica, a continuidade dos seus percursos e a mobilidade do pedestre; potencializar os itinerários dos pedestres como preferenciais nas novas áreas criadas, incorporando elementos da paisagem periurbana no seu percurso; estruturar o espaço urbano atendendo à critérios de melhora da qualidade ambiental da cidade de Vitoria-Gasteiz. Metodologia: determinação das tipologias de espaços verdes. Seleção de espaços atuais de amostra e trabalho de campo para a coleta de dados; análise das condicionantes do sistema de espaços livres atuais; estabelecimento das diretrizes de atuação nas novas áreas criadas; esquematização das tipologias nas novas áreas criadas analisadas: Salburua y Zabalgana. Elaboração de fichas com propostas por tipologias.

Cliente
Prefeitura de Vitoria-Gasteiz – Meio Ambiente

Área
800 Ha

Associados
Josep Selga, biólogo
Jansana, de la Villa, de Paauw Arquitectes

Equipe
Imma Jansana, arquiteta; Conchita de la Villa, arquiteta; Robert de Paauw, arquiteto