Image module

PLANO DIRETOR DO PARQUE MIGUEL SERVET
Huesca, 2007

O Parque de Miguel Servet foi se formalizando ao longo dos anos a partir de diferentes ações, que longe de dar uma unidade ao conjunto, se estabeleceu cada uma delas separadamente com a intenção de conformar um parque novo dentro do parque original. É por isso que nossa proposta contempla como princípio básico identificar todas as partes do lugar para assim poder dotar ao parque diferentes usos numa perspectiva global. Dessa forma, definimos em primeiro lugar a estrutura original a manter e restaurar e propomos ações maiores nos espaços do entorno, que correspondem aos extremos norte e sul do parque. No setor norte, e substituindo o que agora é um conjunto de elementos diversos e deteriorados, se propõe a remodelação paisagística dos pinhais mediante a unificação/consolidação da espécie arbórea e o tratamento integral correspondente da vegetação rasteira para oferecer um espaço de passeio-estar unitário e vivo. Na parte sul, ao contrário, se concentrará a área principal de atividades (usos esportivos e eventos) e o novo e realocado Parque-Bar. No tratamento paisagístico, também é importante ressaltar todo o âmbito de consolidação dos pastos. Os eixos de circulação principais (N-S, L-O) recebem, no entanto, um tratamento específico. Um tratamento semi-permeável do pavimento e a dissolução dos seus limites são os rasgos que possui. Mas é o novo caminho do canal (N-S), que recupera e integra o curso da água, o qual culminado pelo lado e o novo edifício para Parques e Jardins, reforça a comunicação interurbana e a quebra entre o parque original e a área de consolidação mais recente, caracterizada por atuações mais específicas e autônomas. É nessa parte na qual, com algumas operações pontuais, se prever revitalizar os espaços em desuso (com o novo jardim de bambús e o teatro grego) ou pouco conscientes do entorno que os circunda (mediante a plantação de árvores e no solário para reduzir o impacto visual).

Prêmios
XII Prêmio Nacional da “Asociación Española de Parques y Jardines Públicos”

Cliente
Prefeitura de Huesca

Área / Valor
7 Ha / 9 M€

Associados
Matèria Verda, SL
Jansana, de la Villa, de Paauw Arquitectes

Equipe
Imma Jansana, arquiteta; Conchita de la Villa, arquiteta; Robert de Paauw, arquiteto