Image module

RESTAURAÇÃO DO JARDIM DA CAIXA DE SABADELL
Sabadell, 2002

O Jardim da Caixa de Sabadell tem um valor patrimonial, social e botânico elevado para a cidade. Ainda que suas dimensões sejam bastante reduzidas, sua bagagem histórica, sua localização bem no meio da cidade e a diversidade botânica que o compõem são algumas das características fundamentais que o convertem em um lugar singular, emblemático e acolhedor para o cidadão.
O projeto se realiza em torno de dois passeios internos no jardim, com dois tipos de pavimentos diferentes. Numa parte está o caminho que vem desde a Rua da Escola Industrial, realizado com concreto alisado com pó de quartzo, que liga o acesso de pedestres ao estacionamento. O caminho passa pelo Mercado, um espaço de permanência, com piso de brita que se desenha a partir dos atuais bancos semicirculares. Está rodeado ao sul por um espaço de bosque mediterrâneo e ao norte por uma duna que tem seu limite no encontro com o anfiteatro, pelo lago redesenhado, onde se prevê a plantação de espécies aquáticas e o acesso principal ao edifício da Caixa. Esse acesso se dá com uma dupla escadaria e uma rampa, sendo que o acesso para pedestres ao estacionamento, fica no outro lado do Jardim. A partir aí, este caminho se liga ao outro, que se conserva tal como está atualmente, uma vez que não sofreu intervenções das obras. Tem um trajeto que passa debaixo do anfiteatro e pela frente do edifício da Biblioteca até a Rua Sant Quirze, onde foi melhorada a acessibilidade por meio da inclusão de uma rampa.

Cliente
Caixa Sabadell

Constructor
Construccions Arrevi

Área / Presupuesto
2000 m² / 101.700 €

Associados
Jansana, de la Villa, de Paauw Arquitectes

Equipe
Imma Jansana, arquiteta; Conchita de la Villa, arquiteta; Robert de Paauw, arquiteto; Josep Selga, biólogo

Fotos
Robert de Paauw