Image module

PLANO DE ADECUAÇÃO HIDRÁULICA E DE RESTAURAÇÃO AMBIENTAL DO RIO ZADORRA
Vitoria-Gasteiz, 2002

A oferta de qualidade ambiental de Vitoria-Gasteiz é amplamente conhecida e valorizada tanto pelos residentes quanto pelos visitantes. O Plano Geral, em consonância com o legado histórico e com uma clara visão de futuro, estabelece como objetivos prioritários para a realização do Anillo Verde dar uma solução integrada aos espaços livres periféricos, espaços caracterizados por uma problemática peculiar, derivada da sua posição limítrofe entre o rural e o urbano, e contribuir para satisfazer a demanda cidadã de lugares de lazer ao ar livre e amortecer a pressão que a influência dos visitantes exerce sobre o meio natural próximo à cidade. O presente Plano pretende dar soluções à problemática originada pelas avenidas do Rio Zadorra conseguindo uma recuperação à grande escala da vegetação ribeira e dotar a cidade do parque periférico de Zadorra que completará o Anillo Verde. A partir da definição dos objetivos e critérios de intervenção e da análise do “estudo hidráulico do Rio Zadorra” e da “análise das alternativas para a prevenção contra inundações na área urbana” se propuseram as diretrizes que devem orientar o conjunto de atuações mais adequadas para reduzir os transbordamentos frequentes do Rio Zadorra, restaurar ecologicamente o leito do rio e sua orla e adequar as ribeiras do rio para seu uso público, convertendo-o em um corredor verde como parte integrante do chamado Anillo Verde da cidade.

Cliente
CEA – Centro de Estudios Ambientales de Vitoria-Gasteiz

Área
253 Ha

Associados
Josep Selga, biólogo
Jansana, de la Villa, de Paauw Arquitectes

Equipe
Imma Jansana, arquiteta; Conchita de la Villa, arquiteta; Robert de Paauw, arquiteto